A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

domingo, abril 10, 2005

Ardemar, O Fim Não Anunciado

A Mariana vai acabar com o seu blog. Acham bem?
Não nos podes privar da tua presença, Mariana.
Revoltem-se. Passem pelo Ardemar e revoltem-se.

3 comentários:

Mariana Matos disse...

Não vou privar ninguém de coisa nenhuma! Não exageres, Rodrigo. O Ardemar acaba, mas eu não! ok?
Abraço.

Rodrigo de Sá disse...

Talvez sejas tu que estejas a exagerar. Vais contiunar viva, ainda bem. Vou continuar a encontrar-te nos sítios do costume, ainda bem. Mas eu e muita gente, muita mesmo, até quem não conheces, vai perder um pouco da sua vida blogosférica.

Anónimo disse...

O mar não arde assim...

Em "Mississipi em Chamas", do mesmo realizador de Evita, era só uma metáfora (de consumir-se sem deitar fora)

No romance não científico de Verne, Miguel Stroggof (ou ... strogonnoff...? - já o li há muitas idades) o rio arde superficialmente, por causa do grude)

Mas, hoje em dia, a nova, santa Rússia já se tornou um exemplo de ambientalismo...

Edgardo