A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

segunda-feira, abril 25, 2005

A minha homenagem às touradas que ainda se vêem por aí

Tourada
(José Carlos Ary dos Santos)

Não importa sol ou sombra,
camarotes ou barreiras.
Toureamos ombro a ombro
as feras.
Ninguém nos leva ao engano,
toureamos mano a mano,
só nos podem causar dano
espera.

Entram guizos, chocas e capotes,
e mantilhas pretas.
Entram espadas, chifres e derrotes,
e alguns poetas
Entram bravos, cravos e dichotes,
porque tudo o mais
são tretas.

Entram vacas depois dos forcados,
que não pegam nada.
Soam brados e olés dos nabos,
que não pagam nada.
E só ficam os peões de brega
cuja profissão
não pega.

Com bandarilhas de esperança
afugentamos a fera,
estamos na praça
da Primavera.

Nós vamos pegar o mundo
pelos cornos da desgraça,
e fazermos da tristeza
graça.

Entram velhas doidas e turistas,
entram excursões.
Entram benefícios e cronistas,
entram aldrabões.
Entram marialvas e coristas,
entram galifões
de crista.

Entram cavaleiros à garupa
do seu heroísmo.
Entra aquela música maluca
do passodoblismo.
Entra a aficionada e a caduca,
mais o snobismo,
e cismo...

Entram empresários moralistas,
entram frustrações.
Entram antiquários e fadistas,
e contradições.
E entra muito dólar, muita gente
que dá lucro as milhões.

E diz o inteligente
que acabaram as canções.

11 comentários:

Mariana Matos disse...

acabaram "as" canções!...

Rodrigo de Sá disse...

Depois de 74, começaram as canções.
Obrigado pela chamada de atenção, vou já corrigir.

Mariana Matos disse...

De nada. Dr. Estou às "ordes"!!!!
beijinhos

Rodrigo de Sá disse...

O Manuel Urbano, que é um dos correctores de quem já falei aqui, chamou-me a atenção para um erro imperdoável que tinha no título. Já está emendado, e as touradas já se vêem de forma correcta.
Também sugeriu que não são as touradas que se vêem, são os touros que andam por aí. Acho que tem razão. Há muitos touros que andam por aí, e que de viam ser pegados pelos cornos, e arrastados para longe.

Mariana Matos disse...

oh rodrigo "deviam" td pegado! Sim, concordo com vcs há muitos touros que andam por aí e que, sim, "deviam ser pegados pelos cornos e arrastados para longe"!!!...o pior é caçá-los.

Abraço.

frosado disse...

Oh que críticos! Já não se pode ter um lapso? Bem, na realidade, Rodrigo...mas acontece!

Rui Coutinho disse...

Não é tão difícil assim. Os touros têm um fraquinho: marrar à capa. A cor pouco importa.

Rodrigo de Sá disse...

Por muito que lhe custe, tenho de discordar da Fátima. Não foi um lapso. Foi um acrescento de um espaço que não devia existir.
Gostei desta do marrar. Vou andar com uma capa, a ver se apanho algum touro.

gmarinho disse...

Epá deixem lá os touros, não sabem que dinamizam a economia terceirense? eheh

Rodrigo de Sá disse...

Por causa da economia terceirese, uma viagem que era para durar 30 minutos, durou duas horas. Estava o trânsito interrompido para haver umas pegas de ruas.

Pain disse...

eu não gosto de touradas
acho isso uma barbaridade, logo acho qe é um absurdo homengiar uma coisa do género