A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

segunda-feira, janeiro 16, 2006

Isto A Mim Chateia-me

Qualquer funcionário público (que chatice, um professor também trabalha para o estado) começa a planear as suas compras cada vez que se aproxima o dia 20 de cada mês. Foi a pensar nesta magnífica data que num intervalo entre duas aulas dei um saltinho à Fnac.pt a fim de ver que novidades discográficas há por lá.
Em destaque está um disco com preço reduzido que se chama The Art of Amália Rodrigues.
Não se trata de nenhuma emigrante portuguesa que gravou um disco, trata-se sim da Amália que todos conhecemos. Pelo título do álbum ainda pensei que fosse alguma importação de algum disco internacional da Amália, mas pela lista de faixas, vê-se bem que os temas são em português, e a edição é nacional, e nem se quer o título é a tradução. É mesmo o nome original da compilação
Nunca percebi que mania temos nós de dar nomes em inglês a coisas bem portuguesas.
Alguma vez os americanos se lembraram de lançar um álbum com o nome original de “O Melhor do Country Americano”? Ou os chineses alguma vez se lembraram de introduzir nos seus computadores caracteres ocidentais para poderam lançar um álbum com o nome “Choi Su e o Trio Long Fui Chu Cantam Shing Fu”? -podem procurar na Internet informações sobre estes artistas.
Por falar em caracteres ocidentais, e por falar em pseudo-melhores-do-mundo... desculpem, por falar em americanos, estes senhores que têm a mania da globalização, e que são o melhor caminho para a globalização, não usam nos seus computadores teclados com acentos, nem a tecla ç. Ontem li o nome de uma senhora portuguesa que por baptismo se chama Mendonça, mas desde que se tornou emigrante viu-se obrigada a começar a assinar o seu nome à moda americana, ou seja Mendonsa.
A economia portuguesa não depende destes casos, e o desemprego não vai diminuir se deixar de acontecer casos como estes, mas isto demonstra bem o respeito que temos pela nossa língua, e isto a mim chateia-me.

Sem comentários: