A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

terça-feira, julho 03, 2007

O Gaspar É Maricas

O Frederico, o meu primo mais velho, embora seja mais novo do que eu, disse-me hoje, referindo-se ao meu Gaspar:
- Este gajo é maricas.
Depois de ver o que vi, desiludido, fui obrigado a concordar com ele: O Gaspar realmente tem coisas de mariquinhas. Todo cheio de tiques, e coisas que só servem para irritar um homem.
Há muito tempo que o Gaspar não tocava bem. Fosse lá o que fosse, as coisas não saiam bem. Às vezes até saiam com ruído. Tinha de ver o que se passava, mas ninguém se aventurou a perceber. Falei com várias pessoas, e todas elas passavam o assunto para alguém, que acabava por reencaminhar o caso para a última pessoa com quem tinha falado.
Mas o Frederico, apesar de achar que o Gaspar é maricas, lá meteu mãos à obra. Uma hora de paciência resolveu o assunto. Agora o Gaspar já toca nas melhores condições.
Na Maia já esteve a tocar Sex Pistols. Fomos à Ribeira Grande ao som dos Da Weasel. Ao passar por Rabo de Peixe, não me intimidei: pus os óculos de Sol, arregacei as mangas até aos ombros, baixei os vidros (tranquei as portas), levantei o som e atravessámos a vila ao som de “Everything About You”, dos Ugly Kid Joe.
Mas realmente foi preciso alguma paciência para que o Gaspar voltasse ao que era.
Resta-me dizer que devido a certas incompetências dos técnicos da Volkswagen, ninguém quis arranjar o laser do leitor, mas o Frederico, o meu primo mais velho, voltou a dar vida ao interior do meu Gaspar (comercialmente conhecido como Polo 1.2).

domingo, julho 01, 2007

Três Socialistas À Mesa (ainda existem)

Num jantar de professores é muito comum se falar do actual sistema político nacional e regional, principalmente no que diz respeito ao Ministério da Educação e Secretaria Regional da Educação. Mas nada previa que três colegas, militantes da Juventude Socialista (um deles eu), que mal falaram uns com os outros ao longo do ano, se sentassem juntos e depois acabassem por descobrir muitas semelhanças, e algumas diferenças na forma de pensar e agir.
As semelhanças:
- Quando o Sócrates entrou, entreguei o meu cartão.
- Bem, eu não entreguei, mas deixei de participar.
- Cá por mim, não entreguei porque nunca o tive, mas já pedi para não me chamarem.
As diferenças:
- Para as próximas vou votar na C.D.U.
- Eu vou votar na esquerda. De certeza que será no Bloco.
- Eu nem sei se vou votar.