A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

domingo, novembro 25, 2007

O Meu Primeiro Presépio


É horrível. Para além de faltar um mês para o Natal, hoje era o segundo dia do fim-de-semana em que a função pública acabou de receber o vencimento de Novembro.
Já se sabe: centro-comercial a abarrotar. O super-mercado parece a Feira da Ladra às 5:30.
Aqueles metros quadrados de lojas tornam-se no salvador de uma sociedade cada vez mais consumista. Uma sociedade que não percebe que tanto faz receber no dia 22, como no dia 1. Temos sempre os mesmos 30 dias para gastar, usar, abusar, estoirar, ou simplesmente poupar o nosso vencimento.
Por falar em salvador: ainda há quem saiba que o Natal é o nascimento do Salvador? Ainda há quem ensine que o Natal é Jesus, amor e família?
Há metros e metros de lojas decoradas com artigos de Natal. Nada de Sagrada Família, Jesus, gruta, anjo Gabriel, nem nada.
O Natal é primeiro que todo o meu primeiro presépio, que acabei de comprar para ir começando a enfeitar a minha casa. É verdade, há quem ainda não saiba, mas não cheguei a ir dar aulas para o Faial. Consegui ficar em S. Miguel, e desfrutar da minha casa na Fajã de Cima, comprada no Verão.
O Natal, o meu Natal, é acima de tudo a minha família, os meus amigos, a Missa do Galo (este ano é o ano de ser o meu coro a tocar na Missa do Galo da Maia).
Não posso deixar de enfeitar a minha casa com o presépio, com a árvore e com o resto. E este ano, da maneira que as coisas estão na escola, tenho de aproveitar qualquer hora livre que tenha para poder preparar o Natal cá em casa.
Comecei hoje, com a ajuda da Maura, por comprar o meu primeiro presépio (1€ no hiper). Durante a semana está prometido mais umas comprinhas para a casa, porque a partir da próxima semana é a doer o final de período: testes, correcção, entrega, notas, reuniões, actas. Enfim…
Venha o dia 14 de Dezembro.

(créditos para a fotografia e para a montagem do presépio para a Maura)


1 comentário:

Anónimo disse...

Simples e terno comoo o verdadeiro.