A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

segunda-feira, março 02, 2009

Feliz Aniversário, Pai

Venham todos celebrar o aniversário do meu pai e dar-lhe as boas-vindas ao mundo Blogger.
A porta está aberta em O Espólio

8 comentários:

Cris disse...

Rodrigo meu querido,agradeço por mais este presente.És um filho precioso,amoroso e muito encantador.O fruto perfeito!
Do fundo do meu coração agradeço o Espólio.
Gostaria de fazer um pedido muito especial:Você me concederia os teus braços para abraça-lo por um instante hoje?
Um montão de beijos neste coração maravilhoso.

LIA disse...

Que prenda bonita foi dada ao pai,Rodrigo! Mas a prenda primeira e única que Deus lhe concedeu foi esse filho maravilhoso.tenho uma filha assim, por isso levanto minhas mãos para os céus, todos os dias.
Daniel,que vivas muitos e escrevas sempre!

Anónimo disse...

Para o caríssimo amigo Daniel de Sá, deixo aqui um abraço de Parabéns pelo seu aniversário, com votos sinceros de um longo prolongamento e as maiores felicidades extensivas à excelentíssima família
Ermelindo Ávila

Antónia disse...

O meu pai faz anos no mesmo dia que o teu! E o meu veio passar o dia a Lisboa. :) Parabéns ao teu pai. Continuo a seguir o que ele escreve, sempre encantada. Tal como quando tinha 15 anos. :) Guardo religiosamente o autógrafo que ele me deu nessa altura.
Um beijinho,
Antónia

Daniel de Sá disse...

Antónia, eu que te conheço desde os teus, também meus, 15 anos, não sabia desta do teu pai.
Cris, os meus braços vão ao encontro dos teus, e abraço-te também, e à tua família.
Lia, Deus também me deu o pai que tenho. Posso não acreditar em muita coisa, mas nesta acredito.
Ermelindo, que tal ir felicitar o meu pai no blog dele? Abraço, e obrigado pela visita.

Daniel disse...

Olhem-me para isto! Agora o meu filho rouba-me a identidade!
Não faz mal, está agradecido!
Mas tenho umas palavras a dizer.
Para a Cristina, que nunca se ausenta, e para a Lia, sempre presente, um par de beijos e um par de abraços.
Ao muito querido Amigo Sr. Ermelindo Ávila, um abraço do tamanho de mais de quatro décadas de excelente amizade.
Para a Antónia, minha querida, um beijo na tua face de quinze anos.
Daniel

Rodrigo de Sá disse...

Pai, o que é pior: que o teu filho te roube a tua identidade, ou que a tua identidade te roube o teu filho?

Daniel disse...

Rodrigo, nem uma coisa nemm outra. Tu és tu e eu sou eu. E quanto mais formos "nós", como felizmente somos, melhor. Sinal de que nos identificamos um com o outro. E nada mais do que isso pode um pai desejar.