A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

quarta-feira, junho 10, 2009

Feriados em Portugal

Era para escrever hoje sobre as eleições europeias, mas a minha paciência é tal e qual a dos 78% de eleitores açorianos que no Domingo que ficaram em casa. Era para falar de futebol, mas não tenho visto futebol desde que o ESPN America começou a transmitir dia e noite jogos de hóquei no gelo e baseball. Para além disso, sempre que sintonizo um jogo de futebol, vejo a bola, noto a presença do árbitro, de alguns jogadores e de algum adepto mais efusivo, mas futebol, nem vê-lo. Era para falar de educação, mas nas últimas 4 semanas não tenho dado aulas... Ora bem, se calhar é por aí que começo.
Talvez seja um exagero dizer que nas últimas quatro semanas não tenho dado aulas, mas há uma turma que ficou um mês sem ter aulas comigo.
Apanhamos o feriado do Santo Cristo, numa Segunda-feira. Na semana seguinte: Rodrigo, podes ir instalar o som agora no polivalente? É que a escola das Flores vai treinar daqui a pouco e amanhã de manhã.
Lá vai Rodrigo. Professor de Educação Musical tem que estar sempre disponível para deixar de dar aulas e trabalhar para a escola e para os jogos desportivos escolares.
Depois o feriado da região, o do Espírito Santo. O dia das 3500 pessoas na Maia para o almoço comunitário. Continuando a saga dos feriados, na semana seguinte chego à escola, e a turma tinha desaparacido misteriosamente para uma visita de estudo, sem a própria directora de turma saber.
Enfim, a minha melhor turma foi-se.
Com tantos feriados, visitas de estudo, conferências para as quais um professor tem que dispensar os alunos, mesmo que não tenha nada a ver com o assunto da conferência, chegamos ao fim do ano e é ver o tempo a passar e o que queríamos fazer já não dá.
É engraçada esta ideia do cumprimento do plano anual de actividades. É que, para que alguns professores possam cumprir o seu plano anual, outros têm de dispensar as suas turmas, e não dar seguimento à planificação de aulas.
Transferência do mp3 61ª emissão do Cowboy Cantor aqui ( mp3 29,26 mb/31’46’’)
Ouvir na barra lateral do blog Danialice
Ouvir no iTunes

2 comentários:

Fiat Lux disse...

No meu tempo (eu já tenho idade para dizer "no meu tempo")
as aulas de música e educação fisica eram as "pobrezinhas".
Até quando era "preciso" arranjar mais uma positiva para passar um aluno de ano "pedia-se" a um dos professores desta disciplina para subir a sua nota.
Pelo que diz este espírito ainda se mantem.
Já não é tempo para isso.

Rodrigo de Sá disse...

Eu cá por mim sou do tempo em que um professor é prejudicado na avaliação se os seus alunos tiveram más notas na disciplina ministrada pelo docente em questão.
Mas também sou do tempo em que um professor tem menos de metade dos alunos da escola, e ainda assim é votado pelos alunos como o melhor professor do ano.