A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

sexta-feira, outubro 28, 2005

Marca Amarela

“Cavaco durante seu legado de primeiro-ministro entre 1985 e 1995, deixou sua marca no tecido social de Portugal tal como um cão que urina num poste.” (vermelhoFaial, num comentário no Gado Bravo).

Confesso que comparar o Aníbal com um cão será um pouco forte, mas a forma como os Açores foram tratados durante o reinado algarvio, só nos poderíamos sentir como um poste que só serve para os quadrúpedes alçarem a perna, e urinarem.

quarta-feira, outubro 26, 2005

Existe Um País (muito semelhante a Portugal)

Anda um texto a circular pelas caixas electrónicas de muita gente, texto este que já foi publicado também no Gado Bravo. Este texto faz referência a um país não identificado, mas devido a tantas semelhanças com o nosso rectângulo, somos mesmo tentados a acreditar que o texto em questão fala mesmo de Portugal.
Depois da reunião que acabei de ter, uma daquelas reuniões que os professores têm, que não vêm incluídas no horário de 26 horas, e que portanto são horas extraordinárias, logo não são pagas, porque os professores não recebem nunca horas extraordinárias, descobri um facto digno de registo, e que apetece mesmo acrescentar ao tal texto com o nome de “Existe Um País…”:

Existe um país onde há escolas que, num dos parâmetros de avaliação da disciplina de Educação Física obriga os alunos a tomarem banho depois de participarem na referida aula, sendo por isso o professor da disciplina obrigado a dar 10 a 15 minutos no fim da aula. Desta forma os alunos tomam banho, e não correm o risco de chegarem atrasados à aula seguinte.- o facto digno de registo segue no próximo parágrafo.
Existe um país que tem Educação Física como disciplina obrigatória, mas que em certas escolas há apenas um campo de jogos de cimento a céu aberto, onde não há instalações balneárias. Desta forma os alunos ficam impedindos de cumprir um dos princípios básicos da higiene, da boa educação, e também de serem avaliados num dos parâmetros da disciplina: tomar banho depois das aulas.

quinta-feira, outubro 20, 2005

Produtividade XXI

Conceito de produtividade do século XXI: Uma sala de professores com capacidade para 20 docentes, com 35. A fazer o quê? A conversar, a ouvir música, a navegar na Internet ou a actualizar os blogs.

quarta-feira, outubro 19, 2005

Segundo Mandamento (e não falo mais no assunto, por enquanto)

O segundo dos Dez Mandamentos da Lei de Deus diz “Não invocar o santo nome de Deus em vão”, mas isto é mesmo para dizer: Louvado sejas, oh meu Senhor!.

terça-feira, outubro 18, 2005

E também...

... o Cowboy Cantor se associa à constipação do Sporting, e aproveita para fazer mais uma sugestão musical.

Constipação 2

Já estou um pouco melhor.
Confesso que a eliminação deste vírus que me causou a constipação deixa-me um pouco triste, porque depois da saúde que se respirou no ano passado em Alvalade, não havia necessidade de acabar assim. Vamos ver se o anti-vírus será eficaz.

segunda-feira, outubro 17, 2005

Constipação

Acordei por volta das 10 da manhã. Isto de começar as aulas às 11:55 de Segunda-feira dá muito jeito a quem está constipado.
Liguei o rádio, e nada. Troquei de estação, e nada. Liguei o computador, entrei na Internet, andei às voltas pela rede durante uma meia hora, e nada.
Tudo na mesma: Dias da Cunha continua a ser o presidente do Sporting Clube de Portugal, os Andrades e companhia continuam a fazer parte da administração, e o José Peseiro continua a ser o treinador da equipa de futebol.
Pode ser que logo à tarde esteja melhor da minha constipação.

domingo, outubro 16, 2005

Da Fama e do Proveito

Uma das coisas que menos gosto no desporto em geral, e no futebol em particular, são as injustiças. Injustiças dos resultados, a injustiça de ter de haver sempre um vencedor, a injustiça da fama que alguns jogadores têm, e vai-se a ver não são mais do que modelos que tentam jogar futebol.
Serve o parágrafo anterior para dizer que acho muito bem que o Nuno Gomes ande a marcar golos. Só não me apetecia que fosse o melhor marcador do campeonato. Mas sim senhor, tem a fama de ser um grande jogador, porque não há-de ter o proveito?
Só fico é a pensar: se Portugal tivesse que ganhar por 4-0 à Letónia, com os golos que o Nuno Gomes falhou, não iríamos a lado nenhum.
Go Nuno, Go!

quarta-feira, outubro 12, 2005

segunda-feira, outubro 10, 2005

Goleada

Como poderão comprovar aqui, com 671 votos (64,27%), contra 311 (29.79%), fica a Assembleia de Freguesia democraticamente e irmãmente dividida em 6 mandatos para uns e 3 para outros. Eu sou um dos seis.

E Agora História dos Cartazes

Sem querer entrar em cumplicidades ideológicas com um, ou outro partido, conto a próxima história que tem vindo à minha memória nestes dias de grande agitação política. Aliás, até já soube de alguns episódios recentes, com dias, que poderiam se assemelhar a este que vou contar, com a diferença que as personagens mais recentes tiveram um acto de puro vandalismo e atitude antidemocrática.

Há uns anos, na Maia por alturas de umas eleições, não sei bem se legislativas nacionais, se regionais, um simpatizante do Partido Comunista, por brincadeira, achou que deveria colar um cartaz do seu partido mesmo junto a um do Partido Social Democrata. Nada de anormal, se não fosse o facto de este cartaz estar colado na parede da casa daquela que é sem dúvida alguma a adepta mais ferrenha do P.S.D.
Claro que a situação passou-se durante a noite, e ainda teve direito a que fosse gritado em voz alta, por parte de quem colou o cartaz do P.C., o nome de uma pessoa que na altura estava em casa:
- Foge Roberto, que ela já percebeu que és tu!
Para além da revolta da senhora de ter colado junto ao seu “Jesus” um “Demónio” (designações dadas pela própria), o caso agravava-se por o dito Roberto ser seu parente.
Depois de muito praguejar contra tudo o que fosse vermelho, um irmão seu entra em casa, ao que é ordenado:
- Vai lá fora, e arranca aquele papel.
O homem dirigiu-se à porta, olhou para a parede, e depois de pensar uns segundos, fixando os dois cartazes, grita:
- Qual deles?
Grita indignada lá de dentro a senhora:
- Oh homem, é o mais feio.
Uns segundos depois o homem voltou para dentro todo satisfeito com o cartaz do P.S.D.

sábado, outubro 08, 2005

Reflexão

Até estava para contar uma história relacionado com cartazes, políticas e partidos, mas hoje vou ficar em reflexão.
Tenho de aproveitar estas últimas horas antes das eleições porque, depois de Domingo posso ser um membro da Assembleia de Freguesia da Maia, esta alegre e bem disposta freguesia que alguns pensa que é triste por não ser vila.

segunda-feira, outubro 03, 2005

Paulinho das Feiras, Espero Por Ti

Estive ontem à conversa com um camarada meu. Camarada ideológico, como o Zé Couto gosta que se diga, para não ser confundido, penso eu, com camarada partidário.
O assunto da conversa foi inevitavelmente as próximas eleições autárquicas, e também as presidenciais do próximo ano.
Estivemos a falar de todas as trapalhadas que têm havido nas candidaturas à esquerda.
Chegamos então a uma conclusão: temos uma certa esperança que o Paulo Portas se candidate também.