A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

segunda-feira, janeiro 23, 2006

Moral Em Baixo

Neste dia em que os portugueses reflectem “Meu Deus, o que nós fizemos!”, lembrei-me de uma história que se passou recentemente numa aula minha, e que tem tudo a ver com o moral em baixo.
Turma do oitavo ano, uma das cinco que tenho, pouco depois do almoço. Entra o pessoal, e sentam-se à espera das indicações para a aula. Enquanto começo a resumir (os professores têm esta mania de resumir o que se vai fazer, antes de se fazer) a aula, reparo que uma das raparigas não estava virada para a aula. Aliás, tinha-se virado para a janela, e com cara de poucos amigos. Neste caso, poucas amigas. Quer dizer, eu até acho que estava com ar de muitos amigos, ou pelo menos de um amigo em especial. Mas adiante. Perante tal cenário, tive que cumprir o meu dever, e lá a chamei duas ou três vezes. Diga-se de passagem que sem efeito. Entretanto levanta-se um dos rapazes zangado, e num tom ameaçador dirige-me a palavra nestes modos:
- PROFESSÔ, NÃO A CHATEIES! NÃO VÊS QUE ELA É B’DISTA!
Sem saber se havia de o repreender pela infracção muito grave ao código de aula, ou tentar perceber o que tinha uma coisa (“…não a chateies”) a ver com a outra (“… é b’dista”), olhei para ele com uma expressão que por escrito será assim:
- ???????????
Resposta imediata:
- Ela está sempre com o bode.
Perante a gargalhada geral, só me ocorreu dizer:
- Vocês não prestam para nada.
Logo de seguida juntei-me à festa, e a aula só começou meia hora mais tarde.

2 comentários:

Maresia disse...

Ai ai... Não se brinca durante as aulas :)
Às vezes é bom desanuviar...
Beijinho

Rodrigo de Sá disse...

Às vezes é bom, outras vezes faz falta. Mas por vezes é mesmo muito bom.
Beijo retribuido