A Minha Rádio Podcast: Cowboy Cantor

quinta-feira, julho 02, 2009

Auto-avaliação Moderna

Era a última aula com o 8º A. A turma entrou, ou melhor, metade da turma entrou, uma vez que Educação Musical e Educação Tecnológica funcionam por turnos. Depois de uma pequena experiência sonora, passámos de vez à hetero-avaliação, pois não havia auto-avaliação que me convencesse.
Confirmando o número de alunos que a turma tem, comecei a escrever no quadro:
2 - 5

4 - 4

4 - 3 (ou 6 - 3)

2 - 2 (ou 0 - 2)

Olhei os alunos e disse:
- Então, como vocês são 12, o que está no quadro são as notas que vou dar. Ou seja, vou dar a duas pessoas 5, vou dar a quatro 4, dou a quatro 3, e dou a duas pessoas 2. Independentemente do que fizeram este ano. É assim que dou as notas.
- Oh professor, isto é injusto.
A delegada de turma defende sempre os colegas.
- Ai é? Acham que é injusto eu fazer isto? Então eu chamo a delegada ao quadro, e ela é que decide que apanha o quê.
O silêncio, e a incredibilidade foi total. Ninguém queria acreditar que era assim que eu iria avaliar aquela turma.
Depois de alguns momentos de hesitação, de olhar para o quadro, e desconcertadamente olhar para os colegas, lá perguntou:
- O professor tem a certeza que é assim? Eu não posso dar mais do que dois 5?
- Não. Estas são as notas que eu decidi que iria dar.
- Oh professor, mas há mais pessoas que merecem 5, e ninguém merece 2.
- Queres fazer isto, ou não?
- Tem mesmo de ser?
- Não queres fazer, não é? Está bem... senta-te.
Ainda com turma um pouco incrédula em relação a este sistema que arranjei para avaliar, expliquei:
- Claro que não vou fazer isto, mas a Sra. Ministra da Educação quer fazer isto aos professores, e quem avalia são os coordenadores.
- Oh professor, e se um professor for amigo do outro? Tem melhor nota só porque é amigo?
- Exactamente.
- É injusto.


Emissão desta semana do Cowboy Cantor (63ª):

Transferência do mp3 desta emissão aqui (mp3 29,3 mb/32’02’’)
Informações no Cowboy Cantor
Ouvir no iTunes
Ouvir na barra lateral do Danialice

Sem comentários: